aqui mora a poesia...

aqui mora a poesia...

REGRA DE PAZ

                           
Se queres felicidade,
Apoio, harmonia e luz, 
Atende às indicações 
De Nosso Senhor Jesus. 
Começa o dia pensando 
No que o dever determina 
E roga, em prece, o roteiro 
Da Providência Divina. 
Ergue-te cedo e, se falas, 
Fala a palavra do bem, 
Auxilia a quem te ouça, 
Não penses mal de ninguém. 
Se existe algum desarranjo 
Em teu distrito de anão, 
Conserta sem reclamar, 
Não te lamentes em vão. 
Trabalha quanto puderes 
Que o trabalho é vida, em suma... 
O tempo, igual para todos, 
Não pára de forma alguma. 
Se alguém te ofende, perdoa. 
Quem de nos não pode errar? 
Não há quem colha perdão 
Se não sabe perdoar. 
Trilhando a estrada sombria 
De prova, rixa, pesar, 
Acende a luz da concórdia 
E ajuda sem perguntar. 
Problemas? 
Dificuldades? 
Aprendamos dia-a-dia 
Que a bondade tudo entende, 
Quem serve não se transvia. 
Onde a tristeza se espalha 
E a vida se ilude ou cansa, 
Sê caridade, consolo, 
Serenidade, esperança... 
E, chegando cada noite 
Por sobre os caminhos teus, 
Dormirás tranquilamente 
Na bênção do amor de Deus.
     
                                                    
Casimiro Cunha