aqui mora a poesia...

aqui mora a poesia...

O REINO


Buscaste o Céu na Terra... Um jardim de ouro e renda,
Onde as flores do amor vicejassem, ditosas!...
Achaste em desalento espinheirais nas rosas
E lírios nos brejais em simbiose tremenda.

A presença do mal em mal se te desvenda,
Ao sofrimento, ao fel e a lágrima te entrosas!...
Não te afastes, porém, das visões luminosas
De tua aspiração, por mais a dor te prenda!...

Cultiva o Eterno Bem, de alma ofegante embora;
Ante o futuro, anseia, aguarda, luta e chora!...
Agruras e agressões?!... Deixá-las e esquecê-las!...

Ergue-te, serve e segue!... O reino do teu sonho
Espraia-se em grandeza, intérmino e risonho,
E espera-te a fulgir, para lá das estrelas!

Zeferino Brasil