aqui mora a poesia...

aqui mora a poesia...

ESTUDO


Estudo, segundo acho 
Na Idéia que desembucho, 
Parece imenso repuxo 
De estrelas brilhando baixo. 
Livro bom reconforta o facho, 
Mensagem, cofre, capucho, 
Criando força e debuxo 
De ensinos do Céu em cacho. 
Ignorância ! - eis a pecha, 
Por onde a vida se embrecha 
Para ajoujar-se de lixo. 
Sem estudo - a excelsa tocha 
Que eleva, guia e reprocha 
- A pessoa vira bicho.

Alfredo Nora