aqui mora a poesia...

aqui mora a poesia...

AOS COMPANHEIROS DE PIRAPITINGUÍ


Amados, que a verdade fortalece, 
Dos portos luminosos que transponho, 
Em nossa imensa luta os olhos ponho, 
Na comunhão do amor envolta em prece. 

O sofrimento é a luz que nos aquece, 
Sinal de Deus que nos aclama o sonho 
No porvir de alegria, almo e risonho, 
De ventura que nunca desfalece. 

Nas dores que laceram como adegas, 
Não olvida Jesus em sangue e chagas, 
No seu trono de lágrimas doridas!... 

Contemplando-lhe a cruz ingrata e escura, 
lavaremos no pranto da amargura 
As trevas que trazemos de outras vidas...

Jesus Gonçalves